[Diversidade Literária] Capítulo III O Romantismo (1836-c.1875) O Espírito da Literatura Romântica – Marivalda Paticcié

  O Espírito da Literatura Romântica


Literatura romântica é um conceito que engloba textos como a “Canção do Exílio”, Iracema, “Meus Oito anos” ou “O Navio Negreiro”. Romantismo foi o estilo que prevaleceu, nas letras nacionais, do final da Regência até os primeiros anos subsequentes à Guerra do Paraguai; logo, a configuração estilística que cobre o início e o apogeu do Segundo Reinado, período em que a velha sociedade senhorial o seu último grande surto de desenvolvimento. Por outro lado, o romantismo foi a primeira grande resposta estética da cultura ocidental, às duas realidades que marcam o advento da fase propriamente contemporânea dos tempos modernos: a Revolução Industrial e a revolução social, inaugurada pela Revolução Francesa de 1789. Nessa qualidade de primeiro grande estilo da era contemporânea, o romantismo representou uma ruptura profunda com o universo mental da arte anterior, a tal ponto que, perto dele, as diferenças entre o barroco e o neoclássico tendem a esbater-se. Por isso mesmo, antes considerarmos o romantismo brasileiro, precisamos caracterizar sinteticamente a poética romântica em si, como momento da literatura ocidental.
O surgimento, por volta de 1800, do romantismo europeu coincide com o recesso da “idade humanística” e dos costumes aristocráticos. 
O horizonte da industrialização, o aparecer das massas urbanas em sentido demograficamente moderno, assinalaram o fim do predomínio cultural das camadas aristocráticas e o aburguesamento das elites. Simultaneamente, a civilização européia abandonou aquela referência sistemática aos modelos artísticos e à mitologia da Antiguidade, com que o humanismo renascentista identificara a formação, a educação espiritual, do homem do Ocidente, e a que o neo classicismo ilustrado permanecera fiel.
*Darei continuidade a segunda parte, na próxima postagem.

*Autor desse texto: Merquior de Anchieta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *