Dia: 4 de janeiro de 2017

[COLUNA DE FÉRIAS] Final de tinta

Quando te vi assim tão vazia, tão quieta e à ermo, Minha tinta remexeu no meu íntimo líquido negro, De desejo fui tomada, ardia em mim o amor enfermo Trazida fostes de muito longe, lá de Montenegro. Logo pensei em deslizar o bico pela gramatura Eras tu papel especial de cor textura sem igual Envolta […]

Continue a ler

[COLUNA DE FÉRIAS] Final de tinta

Quando te vi assim tão vazia, tão quieta e à ermo, Minha tinta remexeu no meu íntimo líquido negro, De desejo fui tomada, ardia em mim o amor enfermo Trazida fostes de muito longe, lá de Montenegro. Logo pensei em deslizar o bico pela gramatura Eras tu papel especial de cor textura sem igual Envolta […]

Continue a ler