[2ª Estante] (4ª Poética – 15/02/17) Limitar-se – Victor Dantas


Limitar-se em proporção é morrer em projeção
Acabar com chance
Encobrir possibilidade

Deixar escapar a alma e apagar o coração…

Voe gaivota
Voe com toda vontade
Vontade de aprender a voar
Vontade de alcançar
Abrindo as asas o suficiente para cortar
Vento solar
Entre mergulhos e rasantes
Até viver em projeção sem limite ou proporção…

VICTOR DANTAS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *