[2ª Estante] (4ª Poética – 15/03/17) Sementes de Carinho (Fundação Casa)

Semeei um campo
Com sementes do meu carinho
Para que possas por ele passar
E sentires a grandeza do meu amar.
Pedi a Deus contraste de céu azul
Com nuvens cheias de lágrimas
Para meu campo regar,
Que ficou tão florido
Com um belo colorido
Parecendo um mar!

PSEUDONIMO – BIEL

POETA SÓCIO-EDUCANDO: Agora, na quarta poética também teremos uma vertente social. Serão aqui apresentadas poesias de adolescentes internos na FUNDAÇÃO CASA de Lorena-SP. Como o adolescente esta em medida sócio educativa temos que preservar o direito de imagem dele devido a tutela estar com Estado, não podendo ser revelada a autoria(Espero que compreendam). 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *