[Entre nó(s)] Torne-se uma pessoa chata! – Davyd Vinicius

As vezes eu acho que com o passar dos anos, eu estou me tornando uma pessoa chata.
Mas não simplesmente chato com as pessoas ou com as coisas, eu estou chato com o mundo. E sabe por quê?
Porque passei a prestar atenção em mim, nas coisas, nas pessoas e no mundo, aprendi o que era certo, quais eram os meus direitos quanto pessoa, cidadão e sociedade. Mudei, cresci, aprendi, quebrei preconceitos e também aprendi a lidar com eles. Eu fiquei chato sim! Não pra mim, mas para o mundo, pois agora eu sei qual é o meu devido lugar.
Por muitas vezes as pessoas não se dão conta disso, do direito delas de serem quem realmente são. Estamos tão alienados a agradar uma sociedade, a seguir um padrão que por muitas e muitas vezes esquecemos de agradar a nós mesmos, de saber quais são os nossos direitos para com nós mesmos e com os outros.
Nós temos que nos tornar pessoas chatas sim! Nós temos que brigar e ensinar uns para os outros o quanto podemos crescer como ser humano a partir de uma mudança de pensamento.
E quando falo em brigar, não digo em se ater apenas ao que você acredita, mas sim tornar-se uma pessoa consciente de qual é a verdadeira razão. De saber que você está aqui para aprender, ensinar e principalmente para melhorar, você, as pessoas e o mundo.

Entre nó(s), para desatarmos as angústias dos nossos corações, revelarmos o mais intimo de nossos seres. Aprendermos a fazer morada em nossos corpos e lidarmos com aquilo que chamamos de sentimento, acessarmos o canto mais profundo e escuro de nossos nó(s).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *