{Mês de Teresa} Menina preta – Oraida Generoso

Menina PRETA
                      
Vendida e explorada
Perdeu a pátria e os pais.
Perdeu a terra que amava
Liberdade…perdeu a paz!
Encontrou a solidão
A tristeza, o abandono,
Mas num dia,numa fresta
Um raio de Sol entrou.
Saiu à cata de si,
Novo rumo procurou.
Livro, escolas e portas,
Se abriram lhe mostrando
Que Teresas, Marias e Glórias
Aqui podiam ir chegando.
Hoje, adulta empodeirada
Segue a vida iluminando.
Oraida Generoso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *