{4ª Poética } – O sal – Mariane Helena

Inicio da Descrição: Uma mulher está sentada na areia da praia e olhando para o horizonte. Ondas estão próximas e ao longe o mar está calmo. Fim da descrição.

 

Ti conheci
No desaguar das lágrimas
Sofridas e desabafadas
De um coração sobrevivente.
Confesso que essas pitadas,
Deram um sabor e um rumo novo!
Sem esse tempero
Não teria conservado a sanidade;
Nem realçado minhas dádivas diárias.
Hoje as lágrimas que molham o meu rosto,
Regam uma vida salgada;
Embora pisoteada,
Venceu esse ardor salgado,
Para ganhar um novo tom.

 

(Mariane Helena)

Marcado com , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *