Categoria: 4ª Poética

{4ª Poética} Lá Luna – Mariane Helena

#Pratodosverem Foto colorida do céu noturno com algumas nuvens, a lua cheia brilha, se refletindo na  água abaixo. Na imensidão do céu, Não sou ar, nem sol. Também não sou breu! Apenas faço versos às estrelas Para alumiar-me minha vastidão só. Enamorada pelas luzes dalém… Me transformo em luar! Para transmutar; As tristezas em estrelas, […]

Continue a ler

{4ª Poética} –

#Pratodosverem. Uma colcha de retalhos remendados com fio amarelo e botões grandes e pequenos. Cada pano com uma estampa diferente, coloridas e com formas, e com flores ou linhas. Nessa colcha de retalhos Emendo laço a laço As pontas soltas do acaso. E que por um acaso Esse tal destino trama,  (Nem sempre contra) Mas […]

Continue a ler

[4ª Poética] A rosa do jardim – E. José

#Pratodosverem Uma rosa vermelha ainda em botão, um caule com espinhos e folhas verdes com pequenas gotas de água. A rosa do jardimMais uma vez se fez presenteUma aparição de mulher em florD’uma penetrante presençaEncantando com seus olhos morenosRápida em pensamento me cativaEm palavras e feitiços corporaisDe véspera nunca vi tão belaTal rosa de espinhos reluzentesDespojada […]

Continue a ler

{4ª Poética} Dubiedades – Camila prado

#Pratodosverem. Sobre fundo preto, uma imagem circular dividida ao meio, à esquerda o rosto de uma mulher e à direita de um leão, ambos tem olhos amarelos brilhantes.  No canto inferior esquerdo escrito em branco: “É preciso ser fera, sem perder a doçura!”. Dúbia, incompreensível, sei que sou. Meu esconderijo sou eu: Esculpida em dores, Residente no […]

Continue a ler

[4° Poética] Essa sou eu – Samantha

         #PraTodosVerem Fotografia de um desenho, feito com lápis colorido em folha branca.  No canto superior esquerdo em letras marrom e cursivas  “Maria Eduarda Cruz”, em baixo, à direita uma menina de pele clara, cabelos castanhos  cacheados, usa uma camiseta com listras horizontais em tons de rosa claro e escuro, e shorts cinza. (Descrição: Raquel […]

Continue a ler

[4°Poetica] Humanidade – Carolina Maria de Jesus

Depôis de conhecer a humanidadesuas perversidadessuas ambiçõesEu fui envelhecendoE perdendoas ilusõeso que predomina é amaldadeporque a bondade:Ninguem praticaHumanidade ambiciosaE gananciosaQue quer ficar rica!Quando eu morrer…Não quero renasceré horrivel, suportar a humanidadeQue tem aparência nobreQue encobreAs pesimas qualidades Notei que o ente humanoÉ perverso, é tiranoEgoista interesseirosMas trata com cortêziaMas tudo é ipocresiaSão rudes, e trapaçêiros […]

Continue a ler

[4° Poética] Terezinha Raiz – Mariane Helena

TEREZINHA RAIZ O meu verso é negro como negra é minha raiz Sou seguimento de luta, pioneirismo e amor ao próximo. Tenho na essência um rastro áfrico Ta na pele, no cabelo, no prato… na história! Seus múltiplos talentos Encantaram anos… e anos Generosa de alma, Si fez adoção de muitos filhos! E foi do […]

Continue a ler

[4¤ Poética] Borboleta – Euler José

Borboleta Aqui fiquei no vazio Junto as estrelas que me acolhem Mas sei que em pensamento voltarás E em breve sua luz me iluminará Logo logo a verei em meus sonhos E deles não voltarei E se nem em meus sonhos não a encontrar Sonharei nos meus sonhos E renovarei minha esperança De mais uma […]

Continue a ler

[4ª Poética] Decadência – Miriam Mauro

DECADÊNCIA desce ladeira abaixo nossa já parca autoestima; nada nos engrandece, nada nos joga pra cima. não tem graça nenhuma, quero saber disso não, todo mundo tem direito à saúde e educação.  falta comida à mesa de muito bom cidadão. não queremos comer brioche, cada um quero comprar seu pão. (MIRIAM MAURO)

Continue a ler

[4ªPoética] Sem alegria – Miriam Mauro

                                      SEM ALEGRIA dei murro em ponta de faca, ousei e usei de muita valentia. hoje me sinto inerte, tão fraca, acabou-se toda a a bateria. não sei mais se espero e o quê, nem se vale a […]

Continue a ler