Categoria: Alex Santana

[4ª Poética] Autor Alex Santana

• Fábulas • Que das coisas ditas normaisnada mude nunca,que eu siga amando a sexta e odiando a segunda.Que do amor que tivedesmedido e sem fim,reste algo em meu peitoe sem medo eu possa tentarentender, que para conseguir amartenho primeiro que viver.E assim quem sabeseja eu o sol quea tua noite escondeu,sobre a sombra da […]

Continue a ler

[4ª Poética] Autor Alex Santana

• Fábulas • Que das coisas ditas normaisnada mude nunca,que eu siga amando a sexta e odiando a segunda.Que do amor que tivedesmedido e sem fim,reste algo em meu peitoe sem medo eu possa tentarentender, que para conseguir amartenho primeiro que viver.E assim quem sabeseja eu o sol quea tua noite escondeu,sobre a sombra da […]

Continue a ler