Categoria: Ana Cristina

[Súmula de Domingo] Os Supermercados – Ana Cristina da Costa

Antes deles eram os pequenos comércios onde a maioria era comandada por japoneses, portugueses ou italianos, os empórios, as encantadoras mercearias nas quais eu me deliciava principalmente com os produtos importados, eles eram grandes e suas embalagens extravagantes chamando a atenção de todos. E muito antes de tudo isso havia a troca de produtos entre […]

Continue a ler

[COLUNA DE FÉRIAS] Final de tinta

Quando te vi assim tão vazia, tão quieta e à ermo, Minha tinta remexeu no meu íntimo líquido negro, De desejo fui tomada, ardia em mim o amor enfermo Trazida fostes de muito longe, lá de Montenegro. Logo pensei em deslizar o bico pela gramatura Eras tu papel especial de cor textura sem igual Envolta […]

Continue a ler

[COLUNA DE FÉRIAS] Final de tinta

Quando te vi assim tão vazia, tão quieta e à ermo, Minha tinta remexeu no meu íntimo líquido negro, De desejo fui tomada, ardia em mim o amor enfermo Trazida fostes de muito longe, lá de Montenegro. Logo pensei em deslizar o bico pela gramatura Eras tu papel especial de cor textura sem igual Envolta […]

Continue a ler

[Súmula de Domingo] Quantos são os Mártires? – Ana Cristina

Subserviência/escravidão. Liberdade? Não. Apenas mudamos de tempo, espaço e terreno. Continuamos escravos só que agora de um mesmo dono, o Estado. Servimos de formas variadas em esferas dúbias e recebemos o quinhão por hora. Há os que tem muitos benefícios e trabalham sorridentes em seus quadrados de ares condicionados, há os que nem mesmo se […]

Continue a ler

[Súmula de Domingo] Quantos são os Mártires? – Ana Cristina

Subserviência/escravidão. Liberdade? Não. Apenas mudamos de tempo, espaço e terreno. Continuamos escravos só que agora de um mesmo dono, o Estado. Servimos de formas variadas em esferas dúbias e recebemos o quinhão por hora. Há os que tem muitos benefícios e trabalham sorridentes em seus quadrados de ares condicionados, há os que nem mesmo se […]

Continue a ler

[Súmula de Domingo] – Meia Irmã – Ana Cristina.

  Quando o filme iniciou, logo percebemos uma familiaridade com a personagem. Nos vimos em parte naquela realidade, não no mundo de Nenette, não no mundo puro, simplório, amoroso e infantil, mas na coincidência dos fatos. Ela a personagem, uma senhora já no corporal, mas sua mente de uma criança. Nenette fugiu do abrigo onde […]

Continue a ler

[Súmula de Domingo] – Meia Irmã – Ana Cristina.

  Quando o filme iniciou, logo percebemos uma familiaridade com a personagem. Nos vimos em parte naquela realidade, não no mundo de Nenette, não no mundo puro, simplório, amoroso e infantil, mas na coincidência dos fatos. Ela a personagem, uma senhora já no corporal, mas sua mente de uma criança. Nenette fugiu do abrigo onde […]

Continue a ler

[Súmula de Domingo] – Era uma menina – Ana Cristina.

A menina ainda jovem saiu com sua amiga numa pequena aventura.  Alugaram um carro e saíram pela estrada sem rumo só para se alegrarem uma da companhia da outra. Apesar de passarem a maior parte do dia juntas ainda assim não achavam o tempo suficiente. A felicidade estampada nos rostos, toda segurança na vida e nos […]

Continue a ler

[Súmula de Domingo] – Era uma menina – Ana Cristina.

A menina ainda jovem saiu com sua amiga numa pequena aventura.  Alugaram um carro e saíram pela estrada sem rumo só para se alegrarem uma da companhia da outra. Apesar de passarem a maior parte do dia juntas ainda assim não achavam o tempo suficiente. A felicidade estampada nos rostos, toda segurança na vida e nos […]

Continue a ler

[Súmula de Domingo] – Minha Vida na Outra Vida – Ana Cristina.

Qual seria o significado real desta frase? Sinceramente nem eu sei, pois há de se fazer uma reflexão quanto a viver a vida de outra pessoa, e creio, não é possível! A minha vida não é fácil, para que eu simplesmente queira que outra pessoa a viva e que com um simples toque de mágica […]

Continue a ler