Categoria: Crônicas do Cotidiano

[ Crônicas do Cotidiano ] – Sobre gostar de alguém e não dizer – Alessandra Benete

Fonte da imagem: Google Imagens Hoje acordei extremamente sensível e penso:  Se gostamos de uma pessoa porque sentimos tanto medo de dizer?Porque a deixamos escapar entre os dedos? Porque permitimos que ela pense que não gostamos?Quem não sente medo da rejeição e de não ser gostado de volta?Porque sentimos saudade e não ligamos?Eu sinto esse […]

Continue a ler

[ Crônicas do Cotidiano ] – Sobre gostar de alguém e não dizer – Alessandra Benete

Fonte da imagem: Google Imagens Hoje acordei extremamente sensível e penso:  Se gostamos de uma pessoa porque sentimos tanto medo de dizer?Porque a deixamos escapar entre os dedos? Porque permitimos que ela pense que não gostamos?Quem não sente medo da rejeição e de não ser gostado de volta?Porque sentimos saudade e não ligamos?Eu sinto esse […]

Continue a ler

[ Crônicas do Cotidiano ] – Quer saber? – Alessandra Benete

E depois de tanto tempo a gente se encontra de novo…Desta vez para aquelas apresentações “formais” que todo mundo deve fazer… Falar da vida, trabalho, família, medos, sonhos e desejos. Desta vez foi diferente “até tive medo” com as suas diferenças gritantes, olhei algumas vezes profundamente só para ter certeza de que era você mesmo… […]

Continue a ler

[ Crônicas do Cotidiano ] – Quer saber? – Alessandra Benete

E depois de tanto tempo a gente se encontra de novo…Desta vez para aquelas apresentações “formais” que todo mundo deve fazer… Falar da vida, trabalho, família, medos, sonhos e desejos. Desta vez foi diferente “até tive medo” com as suas diferenças gritantes, olhei algumas vezes profundamente só para ter certeza de que era você mesmo… […]

Continue a ler

[Crônicas do Cotidiano] Sobre o beijo – Alessandra Benete

Não há como negar que um beijo na boca bem dado são segredos e confissões sussurrados longamente dentro da boca do outro.Sem pressa, longo, demorado e extasiante…Suavium, assim nomeiam os italianos, seria por isso a fama?A pressa alimenta somente o prazer adormecendo aos poucos a paixão e nublando os encantos do amor.Um beijo na boca […]

Continue a ler

[Crônicas do Cotidiano] Sobre o beijo – Alessandra Benete

Não há como negar que um beijo na boca bem dado são segredos e confissões sussurrados longamente dentro da boca do outro.Sem pressa, longo, demorado e extasiante…Suavium, assim nomeiam os italianos, seria por isso a fama?A pressa alimenta somente o prazer adormecendo aos poucos a paixão e nublando os encantos do amor.Um beijo na boca […]

Continue a ler

[ Crônicas do Cotidiano ] – Você não escolhe apaixonar-se… A paixão escolhe você! – Alessandra Benete

Fonte da imagem: Google Imagens Há quem confunda paixão com desespero, pressa de casar, um estado demasiado carente pode provocar na mulher algumas “emoções” enganadoras e paliativas. Tem mulher que se apaixona todo santo dia, mal sai de uma paixão logo cai de paraquedas em outra. Um dia desses uma amiga estava apaixonada novamente, nem […]

Continue a ler

[ Crônicas do Cotidiano ] – Você não escolhe apaixonar-se… A paixão escolhe você! – Alessandra Benete

Fonte da imagem: Google Imagens Há quem confunda paixão com desespero, pressa de casar, um estado demasiado carente pode provocar na mulher algumas “emoções” enganadoras e paliativas. Tem mulher que se apaixona todo santo dia, mal sai de uma paixão logo cai de paraquedas em outra. Um dia desses uma amiga estava apaixonada novamente, nem […]

Continue a ler

[ Crônicas do Cotidiano ] – A crônica do Amor – Alessandra Benete

Você faz planos, passa a adolescência assistindo Malhação e novelas mexicanas idealizando o tipo de romance que viverá um dia… Flores, cinema, pipoca, declarações de amor, mas… Quando o amor chega nunca é como imaginamos ou com quem imaginamos. E a duros golpes, pés na bunda e rasteiras você aprende que o amor é onipresente, […]

Continue a ler

[ Crônicas do Cotidiano ] – A crônica do Amor – Alessandra Benete

Você faz planos, passa a adolescência assistindo Malhação e novelas mexicanas idealizando o tipo de romance que viverá um dia… Flores, cinema, pipoca, declarações de amor, mas… Quando o amor chega nunca é como imaginamos ou com quem imaginamos. E a duros golpes, pés na bunda e rasteiras você aprende que o amor é onipresente, […]

Continue a ler