Categoria: Entre nó(s)

[Entre nó(s)] Ninguém é melhor e nem pior do que você – Davyd Vinicius

Nos últimos dias eu tenho estado muito atento aos atos e palavras das pessoas, e também, tenho ficado muito triste com algumas delas. As vezes as pessoas dizem ou fazem coisas sem querer (As vezes) e quando é sem querer, a gente até releva. Mas há certas coisas que machucam, há coisas que para quem […]

Continue a ler

[Entre nó(s)] Ninguém nunca disse que seria fácil – Davyd Vinicius

Ninguém nunca disse que seria fácil…  Tudo que eu “conquistei” até hoje, é fruto de muito trabalho e persistência, seja como escritor, blogueiro ou na minha vida pessoal. E quando eu digo que “conquistei”, não quero dizer que já “possuo” aquilo que buscava, mas sim que continuo em um processo de “conquista”.  Pra quem não […]

Continue a ler

[Entre nó(s)] Torne-se uma pessoa chata! – Davyd Vinicius

As vezes eu acho que com o passar dos anos, eu estou me tornando uma pessoa chata. Mas não simplesmente chato com as pessoas ou com as coisas, eu estou chato com o mundo. E sabe por quê? Porque passei a prestar atenção em mim, nas coisas, nas pessoas e no mundo, aprendi o que […]

Continue a ler

[Entre nó(s)] Tudo aquilo que constitui você – Davyd Vinicius

Sorrir, chorar, degustar e odiar os prazeres da vida, sentir que cresceu em um ano o que não havia crescido a vida toda. Acho que me tornei adulto ou estou bem perto disso. Sinto que sou uma confusão ambulante, sinto que seguro nos braços o peso que não imaginei poder aguentar e o pior é […]

Continue a ler

[Entre nós(s)] O quanto de nós é nosso? – Davyd Vinicius

É que na verdade se você não faz o que eles querem, eles esquecem você, porque acham que sabem mais da sua vida que você mesmo. Nós somos manipulados a todo instante por algo ou por alguém. Devemos tomar uma decisão a cada 5 minutos, vivemos em um jogo de corda bamba para agradar alguém. […]

Continue a ler

[Entre nó(s)] Bom menino – Davyd Vinicius

Seria completamente impossível que isso saísse pela minha boca, logo eu que sempre fui um bom menino e até aonde eu sei, bons meninos não odeiam ninguém. Talvez eu já esteja condenado a viver com esses cacos aqui por dentro e eles me machuquem cada vez que você fala dele. Eu sei que sou idiota […]

Continue a ler

[Entre nó(s)] Não desejo – Davyd Vinicius

São cinco da manhã e meus olhos estão tão despertos quanto um farol em meio a tempestade. O meu coração dói, como as solas dos meus pés junto as brasas. Eu jamais desejaria essa dor a qualquer ser que habita essa terra. Eu jamais desejaria essa falta a qualquer coração em pleno funcionamento. Eu perdi […]

Continue a ler

[Entre nó(s)] Lide com isso – Davyd Vinicius

Acho incrível a capacidade das pessoas fazerem merda e acharem que tudo vai ficar bem com um simples pedido de desculpas. Até existe um certo ponto de aceitação para desculpar, você desculpa uma ou duas vezes, mas mesmo assim o erro persiste e a pessoa vem como se nada tivesse acontecido e tenta apagar tudo […]

Continue a ler

[Entre nó(s)] Feliz melancolia – Luis Gustavo

Paira sobre mim uma melancolia estranha. Oculta no ar parado e quente que vigora nesse instante, ela toma meu coração fazendo-me cavalgar em inexplicáveis saudades, me deixando tenso como o arco quando impele a flecha ao alvo. Me levo através de tal sensação até sentir a psicológica capa de ansiedade me envolver, o que torna […]

Continue a ler

[Entre nó(s)] Eu nunca aprendi amar – Davyd Vinicius

Nos últimos tempos eu me tornei uma péssima pessoa… A verdade é que eu nem sei mais quem eu me tornei, só o que sei é que tenho feito tudo errado, mesmo tentando fazer tudo certo. Há vezes que eu penso que me tornei um monstro, egoísta, egocêntrico, desumano. Dou risada de coisas ruins, sou […]

Continue a ler