Categoria: Paulo E. C. Pereira

[4ª Poética] A boca que mais amei beijar – Paulo E. C. Pereira

Das bocas que beijei A sua foi a que mais amei Com o teu beijo fui provar o amor Nessa boca amada fui encontrar o sabor Era um toque suave dos lábios que amei Foi o tempero amado que da tua boca provei Boca em forma de coração Que provei o quanto é bom beijar […]

Continue a ler

[4ª Poética] A boca que mais amei beijar – Paulo E. C. Pereira

Das bocas que beijei A sua foi a que mais amei Com o teu beijo fui provar o amor Nessa boca amada fui encontrar o sabor Era um toque suave dos lábios que amei Foi o tempero amado que da tua boca provei Boca em forma de coração Que provei o quanto é bom beijar […]

Continue a ler

[4ª Poética] A Química do nosso beijo – Paulo E. C. Pereira

Meu amor, eu mesmo procurei com muito esforço Revirei papéis da escola, até as aulas de reforço Achar uma palavra na Química que pudesse expressar O gostinho do teu beijo quando estamos a se beijar Cada nome estranho para explicar a tua boca, esse puro tesouro Não é o cobre, a prata e nem mesmo […]

Continue a ler

[4ª Poética] A Química do nosso beijo – Paulo E. C. Pereira

Meu amor, eu mesmo procurei com muito esforço Revirei papéis da escola, até as aulas de reforço Achar uma palavra na Química que pudesse expressar O gostinho do teu beijo quando estamos a se beijar Cada nome estranho para explicar a tua boca, esse puro tesouro Não é o cobre, a prata e nem mesmo […]

Continue a ler