Categoria: Poema

[4ª Poética] Acorda pra vida menina – Sy Moises

ACORDA PRA VIDA MENINA! Amor que deixa triste,  não é amor é sofrimento,  amor tem que encher os olhos, transbordar o coração  de emoção, não de solidão. Quem não te faz sorrir não te merece, não te quer bem. Saudade não é prazer,  a espera é um tédio que  não passa se não solucionado.  A […]

Continue a ler

[Orações A Saturno] esú III – Edhson J. Brandão

esú III [edhson j. brandão] querias a mim ‘que sou ligeiro querias a mim e o que lhes trago não há ganho sem trago. célere que sou ao que lhe venho já me vou *  * Orações A Saturno é o templo da linguagem pragmática sem a moral do mundo que o perturba. É um alento. […]

Continue a ler

[Orações A Saturno] esú III – Edhson J. Brandão

esú III [edhson j. brandão] querias a mim ‘que sou ligeiro querias a mim e o que lhes trago não há ganho sem trago. célere que sou ao que lhe venho já me vou *  * Orações A Saturno é o templo da linguagem pragmática sem a moral do mundo que o perturba. É um alento. […]

Continue a ler

[4ªpoetica] Noites em Claro – Allan Pavuna

Acendo um cigarro, puxo o fumo como um modo de fugaSinto a fumaça preencher meus pulmões.Sentado ali no meio do nada, tendo apenas minha mente como amigaE nela mesmo uma inimiga; penso nas estrelas.Seres do espaço, iluminando noite a dentro com seus brilhos humildesNunca roubando a da lua, nunca sobre julgando a outra,Dando espaço para […]

Continue a ler

[4ªpoetica] Noites em Claro – Allan Pavuna

Acendo um cigarro, puxo o fumo como um modo de fugaSinto a fumaça preencher meus pulmões.Sentado ali no meio do nada, tendo apenas minha mente como amigaE nela mesmo uma inimiga; penso nas estrelas.Seres do espaço, iluminando noite a dentro com seus brilhos humildesNunca roubando a da lua, nunca sobre julgando a outra,Dando espaço para […]

Continue a ler

[4ªpoética] Era Uma Vez… – Nillo Costa

…Um sonho que aconteceu, Eu nem sabia que você existia, E seguia minha vida, Escrevendo minhas poesias, Mais um dia um anjo Me levou até você, Eu mal sabia o que seria de mim, E você chamou minha atenção, Com seu sotaque me envolveu, E eu fui inocentemente aceitando Aquela musica em meu ouvido, Nascia […]

Continue a ler

[4ªpoética] Era Uma Vez… – Nillo Costa

…Um sonho que aconteceu, Eu nem sabia que você existia, E seguia minha vida, Escrevendo minhas poesias, Mais um dia um anjo Me levou até você, Eu mal sabia o que seria de mim, E você chamou minha atenção, Com seu sotaque me envolveu, E eu fui inocentemente aceitando Aquela musica em meu ouvido, Nascia […]

Continue a ler

[4ªpoética] MINHA JOIA RARA – Lourinaldo Telles Bezerra

Quando te vejo, a minha felicidade se completa!A tua imagem é como uma noite calma de verão à beira mar, ouvindo uma suave melodia ao longe…Me trazes tranquilidade e acalmas meu espírito cansado…A tua voz vem aos meus ouvidos como o som mavioso de um violino executando Massenet…Os teus suspiros de amor me enchem de […]

Continue a ler

[4ªpoética] MINHA JOIA RARA – Lourinaldo Telles Bezerra

Quando te vejo, a minha felicidade se completa!A tua imagem é como uma noite calma de verão à beira mar, ouvindo uma suave melodia ao longe…Me trazes tranquilidade e acalmas meu espírito cansado…A tua voz vem aos meus ouvidos como o som mavioso de um violino executando Massenet…Os teus suspiros de amor me enchem de […]

Continue a ler

[4ªpoética] Poesia – Sténio Cláudio Afénix

A arte que é feita com educação e muita cortesiaPodendo também sofrer a censura e heresiaPoesia, quando não tem amor e carinho ela criaCom tesão comprometimento e muita maestriaPode ser digerida em qualquer agregado físico quente ou fria.Poesia, os cientistas engenheiros acreditam que é uma utopiaPorque não explica a física matemática nem a geografiaOs médicos […]

Continue a ler