Categoria: Projeto Láquesis

{Projeto Láquesis} – A cor das flores – Davyd Vinicius

O cheiro da tinta branca pelas paredes e as caixas espalhadas pelo chão revelavam a chegada do Sr. Durval a nova cidade. -Vô, a tia Rose me mandou uma mensagem falando que mais tarde vêm aqui para fazer a janta. – Aproxima-se da sala, passando pelo corredor dos quartos. -Que beleza, peça para ela trazer […]

Continue a ler

[Projeto Láquesis] Além da soda cáustica – Mariane Helena

“Se você pode sonhar, você pode fazer.”(Walt Disney) Sim, o sonho é possível! Todos nós sonhamos! Mas costumamos (culturalmente) matá-los, antes mesmo de nos dar o direito de se pensar na possibilidade deles virem a ser realidade. Motivos são inúmeros! Por medo de ser ridicularizados, por preguiça, ou comodidade, por ser muito ousado, por ser […]

Continue a ler

[Projeto Láquesis] Você outra vez – Davyd Vinicius

Berlim, 19 de maio de 1995  Olá querida Helena. Hoje fazem dois meses que já estou em Berlim, as coisas vão bem por aqui. Minha residência é em um hospital grande, tenho trabalhado bastante e quase não tenho tido tempo para me dedicar à outras coisas.  Meu visto para trabalhar aqui já saiu e  Minha […]

Continue a ler

[Projeto Láquesis] Necrotério – Sarah Drummond

 A velha senhora caminhava lentamente pela calçada, o som de seus paços se intercalava entre o toque macio do calçado que ela usava, e o baque duro da bengala de madeira que usava para caminhar. Entrou no prédio frio e escuro e foi auxiliada por um jovem que trabalhava lá a para chegar a recepção. […]

Continue a ler

[Projeto Láquesis] Bella – Joana Hortz

Tudo começa pelos cabelos com suas ondulações e seus aromas, depois disso passa pela nuca, pela clavícula, os seios assimétricos, braços, dobrinhas. Por fim, chega as pernas com suas celulites e estrias. Fiz todo esse percurso que faz parte de mim, tantas vezes que até perdi a conta. Olhando e analisando novamente no espelho – […]

Continue a ler

[Projeto Láquesis] No fim das contas – Davyd Vinicius

                Ao acordar, ele abre os olhos lentamente tentando entender o que estava acontecendo. Quando olha para frente, compreende conhecer o espaço que por algum motivo encontra-se em caos.                 Com o seu corpo totalmente adormecido, ele tenta virar-se para o lado, fazendo com que uma garrafa vazia role, percorrendo alguns metros do espaço vazio […]

Continue a ler