Tag: poetisa

início da descrição: Sob a luz do sol, em um campo de girassóis, uma mulher loira de pele clara está de costas com um girassol na mão, próximo ao rosto. Seus cabelos estão soltos com duas pequenas tranças que coroam sua cabeça.. Fim da descrição.

{4ª Poética} – Girassol – Ana Luisa sene

Luz do sol Brisa do mar; A noite iluminada pela luz do Luar. Desejo infinito Amor escondido; Onde está as estrelas do mar? São elas que brilha nas noites sombrias? Vejo no horizonte escrito seu nome em nuvens formadas; Em uma linda camada. Amor está nas coisas e lembranças mais banais; Onde vejo seu sorriso […]

Continue a ler
Início da descrição: Na capa com fundo Marrom, uma sequência de três quadros pendurados com um grampo em um varal. No primeiro, o desenho de um casal, ela com uma coroa e ele com um chapéu de cangaceiro em formato de meia lua, um de frente para o outro e com as mãos juntas ao ar. No segundo quadro: um cacto e pássaros voando sobre a escrita: "Nas trilhas do cordel" "Alaíde Souza Costa". No terceiro quadro: dois homens de chapéu, sentados um ao lado do outro seguram uma viola. Logo abaixo das imagens, pequenas figuras de personagens dançantes, variando entre homens e mulheres, todos festejastes.

{Nas Trilhas do Cordel} – UM TEXTO EM FORMATO DE CORDEL – Alaíde Souza Costa

  Olá, Forasters!   Sou muito fã, desde infante De rica Literatura Que bem emana Cultura Me faz ficar triunfante Escrevendo, vou avante Pois, meu texto nos convida A ler lembrança vivida E recordar fato afável O CORDEL FOI RESPONSÁVEL  POR TRANSFORMAR MINHA VIDA. Glosa: Alaíde Souza Costa Mote: Edilene Soares       Estão […]

Continue a ler
Início da descrição: Paisagem de um campo com grama, nele há dois morros, e o solo do campo é formado por um grande livro aberto. Na parte esquerda do livro, no primeiro morro, uma árvore com folhas vermelhas, que também são levadas com o vento. Na parte direita, uma menina de vestido Branco e mochila nas costas segura um fio com balões vermelhos. Ao fundo, o pôr do sol e seus raios cortando um céu semi nublado.. Fim da descrição.

{4ª Poética} – TUDO – Maria do Socorro Araújo Rodrigues

Desejo estar cheio de muitas recordações inteiro sou sentimentos me tiram os pés do chão. Faço viagens longínquas mesmo só na imaginação. Meu coração é tambor de tanta palpitação. Tudo em volta é festa grande satisfação. Escolhi viver a vida com aquela sensação que tudo é importante no tempo e ocasião.. (Maria do Socorro Araújo […]

Continue a ler
Início da descrição: Foto de busto de uma mulher sorridente se balançando em um balanço preso a uma árvore. Ela é negra, tem cabelos crespos na altura dos ombros, usa blusa de crochê amarela. Ao fundo, veem-se folhas verdes contra o sol.. Fim da descrição.

{Ei, olha aqui} – ser feliz – Mariane Helena

Ter felicidade é quando o simples já te satisfaz; Ter felicidade é o contento com cada gesto ao longo do dia! Ser feliz é ter amores na vida (principalmente o próprio); Ser feliz com o sabor, o calor, o frio… Enfim é ser grato! Ser feliz é ter a gratidão de aceitar o que o […]

Continue a ler

{Crônica de Natal} – Natal para todas as famílias – Mariane Helena

Gente esse ano, até o papa (que é pop) garantiu e apoiou a todos o direito de se casar (dentro das suas convicções religiosas) e construir suas famílias. Sabendo disso, o papai Noel pensou em como fazer, para que esse ano tão difícil, se tornasse mais leve e de que forma ele também poderia homenagear […]

Continue a ler

{Crônica de natal} – O papai Noel se reinventou –

Esse ano o papai Noel, deu férias para as renas e mandou o trenó para o mecânico. Chamou os anões e montou um super grupo de whatsapp. E tudo isso para que?? Para continuar alcançando todas as crianças mesmo de longe, pois o mais importante nesse natal, não é o abraço ou a selfie no […]

Continue a ler

{Crônica de natal} – Oração de uma menina Anjo – Mariane Helena

Certo dia, em um ano difícil qualquer, eu menina-anjo, me pus a orar. Orar para esse tempo passar logo e que junto com a estrela da manhã nascida, minhas lágrimas secassem, e que o ato de esperançar voltasse a orientar meus passos firmes na história. Disse para Deus, imperar a cura dos corações partidos, de […]

Continue a ler