[4ª Poética] – Liliane Oliveira



Levada ao ritual 

No ritmo macabro da dança vampírica 
Feche a minha alma novamente 
Sempre pude encontrar a abertura no seu coração 
Batimentos que pedem por túmulos em “V” de vingança 

Explore seus pecados, eu sou a salvação para a sua perdição, no meu coração o encontro macabro de nossas almas 

Cercada por essa vontade vampírica 

Somos Morte e Vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *