[4ª Poética] Liliane Oliveira – Collide II

Desaparecendo lentamente 
Procurando por uma luz distante 
Perdida e com medo
Por quanto tempo eu posso aguentar? 
Apenas uma memória sumindo (Esperança em um mundo tão frio) 
 
Inoperante…


(Gritos poéticos)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *