[4ª Poética] Breve tom de Azul – Sara Timóteo

Embarco nos teus olhos
com destino à costa da vida.
Surge no horizonte um breve tom de azul,
não sei se
oriundo do mar
ou dos segredos ancorados na casa branca
do pinhal.
Coloco os sonhos em lume brando,
refaço-me de mais uma mentira,
corro as gelosias dentro de mim,
sorrio
e disponho-me a esperar.

5 comentários em “[4ª Poética] Breve tom de Azul – Sara Timóteo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *