[4ª Poética] Olhar que matou o coração – José Francisco Rodrigues

Meu olhar de cansaço
Acompanha o sofrer com a saudade
Aquela que assassinou a vaidade
E até me causou embaraço
Revela a mais pura verdade
Que por trás da face cismada
Carrego fardo por paixão fantasiada
Que parecia existir por caridade
Mas o olhar na verdade estava
Fingindo que te aguardava
Aparecer na multidão
E mesmo sabendo que tu não virias
Permaneceria ali por dias
Até falecer de amor meu coração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *