Dia: 16 de dezembro de 2015

[Poema] Juventude Louca – Sandro Rezende

Sem nada pra fazer Pego o carro Corro sem parar A polícia atrás de mim As vezes penso Que é uma brincadeira de criança O álcool na cabeça A garrafa pela janela Um cigarro na mão Todos dizem que sou louco Minha cabeça está a mil O velocímetro só aumenta Minha mãe reza para Deus […]

Continue a ler

[Poema] Juventude Louca – Sandro Rezende

Sem nada pra fazer Pego o carro Corro sem parar A polícia atrás de mim As vezes penso Que é uma brincadeira de criança O álcool na cabeça A garrafa pela janela Um cigarro na mão Todos dizem que sou louco Minha cabeça está a mil O velocímetro só aumenta Minha mãe reza para Deus […]

Continue a ler