[ Crônicas do Cotidiano ] – Término de relacionamento… Ei garota, você vai ficar bem! – Alessandra Benete

Fonte da imagem: Google Imagens

Com o crescimento das redes sociais a “comodidade” de terminar um relacionamento com mensagens de texto ou de voz está cada vez mais comum nos términos de relacionamento. “Oi… Me desculpa, mas não dá mais” e o pior é quando ele diz “a culpa não é sua… é minha” ou quando joga a culpa do término bem em cima de você que é ciumenta, possessiva e não é romântica. Qualquer desculpa numa hora dessas é uma punhalada bem no meio do coração. Bate um desespero, a respiração descompassa, as lágrimas começam a sair descontroladas… Parece que você vai ter um troço…

Mas o que fazer quando o relacionamento que você achava que ia de vento em poupa simplesmente acaba?
Até ontem ele fazia juras de amor, mas… Aí bate o desespero de querer ir atrás dele, calma menina! Respire fundo, conte até três e debulhe-se em lágrimas, melhor do que ir lá e piorar o teu sofrimento.
Primeiro, pode parecer bobagem, mas sofrer é fundamental. Psicólogos dizem que a dor que sentimos é comparada a dor do luto. Permita-se lembrar dos momento bons e ruins. Releia as cartas, as mensagens, espalhe as fotografias pelo chão e coloque um ponto final.

Fonte da imagem: Google Imagens

Reorganize sua rotina, reveja alguns amigos e aproveite para ter mais tempo para você e para realizar coisas que deixou de fazer por causa dele. Curta uma praia sozinha, um cinema… Ame-se!

Você não precisa sair por aí fazendo loucuras e nem mudar da água para o vinho, afinal de contas, você continua sendo você, mas também não precisa forçar sorrisos e gargalhadas só para mostrar para ele o quanto você está bem. 
Aí… Lá vem ela dizer que o tempo é o melhor remédio e blá, blá, blá…
Existe uma infinidade de coisas que você poderá fazer para ajudar a sair da fossa como por exemplo: Viajar, visitar a família nos finais de semana, adotar um animal de estimação, sair com as amigas, cortar os cabelos, entrar para a academia, etc.
Você não precisa arrumar um namorado só porque ele passou com outra na sua frente e nem sair por aí estilo “hoje eu tô solteira e ninguém vai me segurar”, você é muito mais do que isso e logo estará curada desta dor e prontinha para outra. Neste intervalo curta a pessoa mais bacana da face da terra e que esse mané deu mole de perder… Vo-cê! 
Ele terminou? Azar o dele!
Alessandra Benete é carioca, sagitariana, tem 37 anos, mora atualmente em Xerém 4º distrito de Duque de Caxias – RJ, é mãe do Alecsander e do Alexandre e muito apaixonada pela vida. É autora dos livros: Papo Cabeça – O Manual da Mulher Poderosa (Autoajuda) que você pode comprar AQUI , Desenvolvento a Inteligência Emocional (Autoajuda) que você pode comprar AQUI e Doce Novembro (Romance) que você pode comprar AQUI . 
Acompanhe a autora nas redes sociais:
Facebook – Alessandra Benete
Instagram – Alessandra Benete
Papo Cabeça – Blog Alessandra Benete

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *