[4ª Poética] CANÇÃO MUTILADA – Cezar Ubaldo

A primeira nota feriu-se ao passar pelo campo
minado.
A segunda,cegaram com antigos punhais.
A terceira,escondeu-se no subterrâneo e perdeu ar.
A quarta nota partiu-se quando do seu voo
desesperado.
A quinta nota envelheceu milhões de anos
e ensurdeceu.
A sexta nota foi atirada aos cães sem mordaças.
A sétima nota chorou,até que a última gota
se misturasse com o sangue das outras…

3 comentários em “[4ª Poética] CANÇÃO MUTILADA – Cezar Ubaldo

  1. Salve Cezar! Parabéns! Poesia encantadora, de vigorosa afinação poética!

  2. Salve Cezar! Parabéns! Poesia encantadora, de vigorosa afinação poética!

  3. Salve Cezar! Parabéns! Poesia encantadora, de vigorosa afinação poética!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *