[4ª Poética] Escravo moderno – Jeovânia P.

 ESCRAVO MODERNO

Vai
Segue sua escravidão
Silencia a sua consciência

Vai
Atrás do seu colega
Ande no compasso
Manter o ritmo é preciso

Vai
Deixe sua sombra em casa
Dormindo
Desaparecendo

Vai
Sendo escravo do sistema
De olhos fechados
Calado
Apático
Do jeitinho que tem que ser

JEOVÂNIA P.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *