Mês: fevereiro 2019

[4ª Poética] Chove chuva – Miriam Brilhó

Chove chuva   Chove chuva Caí de mansinho Lavando tudo Lavando a alma trazendo calma trazendo vida as flores se alegram meu peito sossega as dores se vão forte o coração ao amor se entrega Miriam Bilhó

Continue a ler

[O que aprendi com as borboletas] Sonha Muuuuito! – Mariane Helena

SONHA MUUUUITO! Fica estabelecida a possibilidade de sonhar coisas impossíveis e de caminhar livremente em direção aos sonhos. Luciano Luppi O que desejamos para nós é o primeiro passo para grandes realizações, pois tudo começa assim. Sonhar é formar na mente as imagens de algo que se quer, de um futuro desejoso; é não ceifar […]

Continue a ler

[Súmula de Domingo] É Sobre Acreditar – Ana Cristina da Costa.

Clamamos ininterruptamente por dias melhores e mesmo que eles não venham, acreditamos num mundo sem agruras. Agarramo-nos naqueles infinitamente belos, colhemos deles todos os tipos de flash’s e self’s para que, numa eternidade, eles possam trazer à tona, a plena felicidade. Nesta crença de que as coisas deixarão de ser menos incríveis é que buscamos […]

Continue a ler

[Entre nó(s)] Feliz melancolia – Luis Gustavo

Paira sobre mim uma melancolia estranha. Oculta no ar parado e quente que vigora nesse instante, ela toma meu coração fazendo-me cavalgar em inexplicáveis saudades, me deixando tenso como o arco quando impele a flecha ao alvo. Me levo através de tal sensação até sentir a psicológica capa de ansiedade me envolver, o que torna […]

Continue a ler

[4ª Poética] Dom celeste – Areli Potiguara

Dom Celeste Toda beleza e encanto  Toda destreza e primor São brilho raso e ofuscado Que entre falhas aqui se tem manifestado Reflexo pela sede de quem é Maior A essência que dá a vez e o tom De onde tudo veio a existir Sua pureza e toda satisfação  É luz que brilha, incendeia o […]

Continue a ler

[O que aprendi com as borboletas] Que o medo nos torne forte – Mariane Helena

QUE O MEDO NOS TORNE FORTE! “Daí ela se lembrou de como é ser forte. Ela enxugou suas lágrimas e sorriu. Sim, sorriu, porque ela sabe que algo melhor está por vir. Ela sabe.” Tati Bernardi A vezes não nos resta mais nada além de ser forte! Na vida as situações nos fazem confrontrar com […]

Continue a ler

[Súmula de Domingo] A Arte – Ana Cristina da Costa

A arte de cada dia! Arte, o que é? Viver da arte, com é? Quando falamos de arte, o que lhe vem à mente? O que pensa que é? Você Já deve ter ouvido falar na palavra artesanato? Ela define tudo aquilo que podemos confeccionar manualmente, em casa, em família. Uma fabricação solo. Há muitas […]

Continue a ler

[4ª Poética] Não encontrei você – Davyd Vinicius

Não encontrei você Eu beijei o céu, Vasculhei a lua E ainda assim, não encontrei você. Debrucei-me sobre o mar, atravessei as ruas e mesmo assim, não encontrei você. Eu fui a óbito, descobri o mórbido e mesmo assim, não encontrei você. Eu não encontrei você, não encontrei você. eu me perdi e não encontrei […]

Continue a ler

[O que aprendi com as borboletas] O melhor para si – Mariane Helena

O melhor para si “Os rios não bebem sua própria àgua; as árvores não comem o seus próprios frutos. O sol não brilha para si mesmo; e as flores não espalham sua fragância para si. Viver para os outros é uma regra da natureza. (…) A vida é boa quando vocÊ está feliz; mas a […]

Continue a ler

[Súmula de Domingo] O Bater de Asas de Uma Borboleta – Ana Cristina da Costa

               Há uma grande concentração de borboletas do outro lado do mundo e elas estão bastante eufóricas, pois o Brasil foi atingido em cheio com a reverberação das ondas.  É uma constatação?  É apenas uma maneira de dizer e ou se cientista fosse, afirmar que já bastam de tantas […]

Continue a ler