{Mês de Teresa} Ser mulher preta no Brasil – Cristiane Firmino

Ser mulher preta no Brasil; é ter que ser coragem, e ser lutadora e persistente. Usar a inteligência e a sabedoria.E saber que para nós nada é fácil. Mas que somos muito mais que essa posição que insistem em nós .somos de lutas!

19 comentários em “{Mês de Teresa} Ser mulher preta no Brasil – Cristiane Firmino

  1. Verdade! Nós sabermos e nos entendermos neste mundo como ele é, e sempre trilhando o caminho de como ele deve ser! Axé!

  2. Verdade! Nós sabermos e nos entendermos neste mundo como ele é, e sempre trilhando o caminho de como ele deve ser! Axé!

  3. É isso aí, atitude! Sem ela, nada muda. A tua é de afirmação. É assim que tem ser!

  4. AXÉ! Obrigada irmã pelo comentário❤

  5. AXÉ! Obrigada irmã pelo comentário❤

  6. Verdade João, atitude sempre! Obrigada por seu comentário.

  7. Verdade João, atitude sempre! Obrigada por seu comentário.

  8. Você realmente descreveu toda a nossa luta!! ✊🏿 Axé amiga 😘

  9. Você realmente descreveu toda a nossa luta!! ✊🏿 Axé amiga 😘

  10. Você realmente descreveu toda a nossa luta!! ✊🏿 Axé amiga 😘

  11. E mesmo que tentem nos empurrar pra baixo, persistiremos em subir. Sempre. Beijo mimha amiga Jaci

  12. E mesmo que tentem nos empurrar pra baixo, persistiremos em subir. Sempre. Beijo mimha amiga Jaci

  13. E mesmo que tentem nos empurrar pra baixo, persistiremos em subir. Sempre. Beijo mimha amiga Jaci

  14. Sem dúvidas a mulher negra é vista como produtora dos desvarios da libido desde sempre. Essa porta fechada é medo e pré – existência do preconceito latente.

  15. Sem dúvidas a mulher negra é vista como produtora dos desvarios da libido desde sempre. Essa porta fechada é medo e pré – existência do preconceito latente.

  16. Sem dúvidas a mulher negra é vista como produtora dos desvarios da libido desde sempre. Essa porta fechada é medo e pré – existência do preconceito latente.

  17. Sim muita atitude

  18. Sim muita atitude

  19. Sim muita atitude

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *