{Versartil} – Você ainda se lembra? Acauã Pozino

Você ainda se lembra?
Daquele tempo em que a Lua
Era nossa guia e condutora?
E de quando ela sorria pra nós, lá do alto,
De quando ela emprestava sua luz de prata
Pra o céu de cobalto?

Você se lembra, amor?
De quando brindamos na beira-mar
Com copos novos, polidos, transbordantes
Do mais nobre daiquirí das Caraíbas
Que ainda guardava o vento dos limoeiros
E os tambores do canavial?

Você lembra do trem que tomamos ao pé de uma qualquer montanha,
Do mundo que lá de cima vimos,
Das pessoas que lá encontramos,
Dos sambas que lá cantamos?

Porque, se você lembrar, me ajude.
A memória já aos poucos me falha,
Pois a dor da realidade é muita.
Pois aquela prata que antes
Enternecia-me os olhos
Agora vibra e reflete e simboliza e reverbera
A dor dos Potosís de cada dia.
E o cobalto, antes manto protetor
Agora, enferrujado, corta a pele
E traz consigo o tétano da desesperança
E vibra e reflete e simboliza e reverbera
A dor daquelas crianças, no Zaire.

Se você lembrar, amor, por favor,
Me ajude a recordar num beijo
O sabor daquele mar e daquele brinde,
Daquele limão, daquele rum,
Daquela vida, outra, de outrem.
Pois agora só nos restam copos lascados
Meio consumidos pelo tempo;
Limões descartados na feira
E os restos de um rum que ninguém quis.
Inclusive, se por acaso
Ainda lembra onde me encontrar, me encontre,
E me traga de volta a mim mesmo,
Pois ergo meu copo empoeirado e não há com quem brindar,
Não há sequer um eco,
Uma saudação nalguma sacada distante,
Não há mais nada.

Disse ao sonho meu que buscasse quem morava longe:
Não havia ônibus.
Disse à chuva que trouxesse meu benzinho:
Não havia estradas. E tampouco a chuva entendeu muito bem de quem eu falava.

É preciso rememorar,
É preciso memórias novas,
É preciso continuar.
Mas não me lembro onde deixei a estrada. Não há bússola.
Por isso pergunto:
E você, meu amor, se lembra?

Siga Acauã nas redes sociais:

TWITTER

Marcado com , , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *